Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 05 de abril de 2017. Atualizado às 18h19.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

fiscalização

05/04/2017 - 15h18min. Alterada em 05/04 às 18h26min

Fiscalização recolhe uma tonelada de frutas e verduras em Porto Alegre

Ações de fiscalização vão prosseguir nos próximos dias em outros pontos de Porto Alegre

Ações de fiscalização vão prosseguir nos próximos dias em outros pontos de Porto Alegre


PC Flores /PMPA / divulgação
Cerca de uma tonelada de frutas e verduras foi recolhida nesta quarta-feira (5) em ação da fiscalização da prefeitura de Porto Alegre. Fiscais da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SMDE), juntamente com o apoio da Brigada Militar e da Guarda Municipal, realizaram a operação Retomada nas avenidas Salgado Filho, Borges de Medeiros e na Praça Conde de Porto Alegre.
Como resultado da ação, também foi interditado um depósito clandestino de frutas e verduras, que funcionava no número 29 da Praça Conde de Porto Alegre. O local, que na década de 80 abrigava uma conhecida casa noturna, estava em precárias condições de higiene e com parte do teto desabado. As frutas e os legumes, acondicionados em caixas, em meio à sujeira do local, eram comercializados em vários pontos do Centro Histórico. As condições dos alimentos serão avaliadas e dependendo das condições os produtos deverão ser doados a instituições de caridade de Porto Alegre dentro de 48 horas.
As ações vão seguir nos próximos dias em outros pontos da cidade em parceria com a Guarda Municipal e a Brigada Militar. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia