Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 30 de abril de 2017. Atualizado às 16h35.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

judô

Alterada em 30/04 às 16h38min

Seleção feminina de judô é campeã por equipes no Pan e garante vaga no Mundial

A seleção brasileira feminina de judô garantiu classificação para o Mundial por equipes neste domingo ao conquistar a medalha de ouro no Pan-Americano disputado na Cidade do Panamá. O time masculino caiu para Cuba nas quartas de final, garantiu o bronze na sequência em triunfo sobre a Colômbia, mas ficou sem a vaga.
As meninas do Brasil avançaram à decisão invictas depois de eliminar a Colômbia e a Argentina, ambas por 5 a 0. A decisão contra o Canadá foi mais equilibrada, com uma vitória por 3 a 2. Coube à peso pesado Beatriz Souza (+78kg) garantir o ouro na última luta.
O Brasil chegou a abrir 2 a 0 com vitória de Jéssica Pereira (52kg) sobre Ecaterina Guica e de Tamires Crude (57kg) sobre Catherine Beauchemin-Pinard, ambas por ippon. Na terceira luta, a campeã olímpica Rafaela Silva (63kg) abriu um waza-ari de vantagem contra Stefannie Tremblay, mas foi imobilizada até o ippon: 2 a 1.
Na sequência, Millena Silva (70kg) foi imobilizada por Kelita Zupancic e o Canadá empatou o combate. No duelo decisivo, Bia Souza derrubou Mina Coulombe por ippon e garantiu a medalha de ouro para o Brasil. Os dois melhores países do Pan-Americano se classificaram para o Mundial, que acontecerá em Budapeste, na Hungria, em agosto deste ano.
No individual, disputado na sexta-feira e no sábado, o Brasil manteve a sua hegemonia continental liderando o quadro geral de medalhas com 12 pódios (seis ouros, duas pratas e quatro bronzes), à frente de Cuba (segundo lugar) e Canadá (terceiro).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia