Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 14 de abril de 2017. Atualizado às 11h43.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa do Brasil

Notícia da edição impressa de 13/04/2017. Alterada em 13/04 às 00h30min

Inter perde chances e fica no 1 a 1

Rodrigo Dourado marcou o gol de empate no Beira-Rio

Rodrigo Dourado marcou o gol de empate no Beira-Rio


Ricardo Duarte/Inter/Divulgação/JC
Deivison Ávila
Um duelo digno da grandeza e da rivalidade dos dois clubes. Inter e Corinthians ficaram no 1 a 1, nesta quarta-feira, no Beira-Rio, e a vantagem ficou com os paulistas, que avançam com um empate sem gols, semana que vem, no jogo da volta, pela quarta fase da Copa do Brasil. Após perder chances na etapa inicial, o Colorado sofreu o gol no segundo tempo, buscou o empate, mas não teve forças para virar.
A etapa inicial foi frenética. Logo no primeiro minuto, William cruzou, Nico López ajeitou, e Edenilson bateu com perigo. A resposta corintiana foi imediata. Após bate-rebate, a bola sobrou para Romero, mas Marcelo Lomba saiu nos pés do atacante e salvou a pátria colorada.
Aos nove minutos, D'Alessandro cobrou escanteio, Rodrigo Dourado desviou e Víctor Cuesta chutou para grande defesa de Cássio. Aos 20, Edenilson cruzou da direita, a bola encobriu o goleiro e parou na trave. Na sobra, Nico López furou, perdendo grande chance. Na sequência, William, em contra-ataque, acionou Nico, mas o uruguaio bateu por cima.
O milagre do primeiro tempo, Lomba guardou para os 31 minutos. Dentro da pequena área, Maycon fuzilou e o goleiro colorado espalmou para fora. Carlinhos e Brenner ainda perderam boas oportunidades, mas faltou caprichar na finalização.
As duas equipes voltaram mais cautelosas para o segundo tempo, se estudando bastante. Depois de muito desperdício ao longo dos 45 minutos iniciais, o Inter foi castigado aos sete minutos. Arana cruzou rasteiro da esquerda, a bola atravessou a área, até Romero empurrar para o fundo das redes.
O Colorado não se intimidou e, quatro minutos depois, empatou o confronto. D'Ale cobrou escanteio curto, e Nico cruzou na cabeça de Dourado, que desviou para o gol. Aos 26, Nico girou e bateu colocado, mas a bola saiu à esquerda. Em seguida, em seu primeiro lance, Valdívia se livrou da marcação e bateu com muito perigo, quase virando o placar. O Timão respondeu com Giovanni Augusto, mas Lomba, em noite inspirada, salvou mais uma vez, garantindo o empate no Beira-Rio.
Agora, no sábado, as atenções se voltam para a semifinal do Gauchão. Às 19h, o time de Zago recebe o Caxias, de Luiz Carlos Winck.
Internacional 1 x 1 Corinthians
Marcelo Lomba; William, Victor Cuesta, Leo Ortiz e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Edenilson (Gutiérrez), Uendel e D'Alessandro; Brenner (Carlos) e Nico Lopez (Valdivia). Técnico: Antonio Carlos Zago.
Cássio; Fagner, Pablo, Balbuena e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon (Camacho), Rodriguinho, Marquinhos Gabriel (Giovanni Augusto (Léo Jabá)) e Romero; Clayton. Técnico: Fábio Carille.
Árbitro: Wagner Magalhães (RJ)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
BolaZero 14/04/2017 11h13min
E eis que o Colorado começa a mostrar sinais de fraqueza... Era tudo uma questão de tempo; nada mais que isso... Frente ao Timão , o Inter até que reagiu bem ao gol, mas eu desconfio que não será suficiente para o encontro em São Paulo... Duvido que o Corinthians fraqueje perante a sua torcida. Muito dificilmente o Inter avança para a próxima ronda.