Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 08 de abril de 2017. Atualizado às 18h07.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato gaúcho

Alterada em 08/04 às 18h13min

Grêmio faz cinco no Veranópolis e se garante na semifinal do Gaúcho

Gremistas comemoram um dos tentos da equipe na Arena

Gremistas comemoram um dos tentos da equipe na Arena


LUCAS UEBEL /LUCAS UEBEL /GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
Sem qualquer dificuldade e com três gols marcados ainda no primeiro tempo, o Grêmio massacrou o Veranópolis neste sábado, por 5 a 0, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, e se garantiu nas semifinais do Campeonato Gaúcho.
Depois de vencer o jogo de ida por 2 a 0, o Grêmio foi novamente superior e afastou a desconfiança que pairava sobre o elenco, após classificar-se apenas na quarta posição no primeiro turno do Estadual.
Agora, a equipe de Renato Gaúcho aguarda na semifinal o vencedor do duelo entre São José e Novo Hamburgo, que joga ainda neste sábado em casa, após ter vencido o jogo de ida por 1 a 0. O time teve, inclusive, a melhor campanha da primeira fase.
Apesar da boa vitória no duelo de ida, Renato Gaúcho não poupou ninguém e escalou os titulares. E, logo no primeiro minuto, Zé Roberto foi recuar para o goleiro, mas a bola ficou curta. Miller Bolaños, então, antecipou-se e deu um leve toque por cobertura para abrir o placar.
Aturdido, sem qualquer organização e desanimado com o gol sofrido, o Veranópolis sequer conseguia passar do meio-campo com a bola dominada. O Grêmio, assim, com tranquilidade, criava chances seguidas.
E, já aos 29, após a defesa do Veranópolis sair novamente jogando errado, Luan roubou a bola, tabelou com Bolaños e bateu na saída do goleiro. Se estava fácil, o jogo ficou praticamente definido aos 43, quando Pedro Rocha se atrapalhou com a bola, conseguiu consertar a jogada, cortou o zagueiro e bateu prensado para fazer o terceiro.
Nada mudou no segundo tempo. Frágil defensivamente, o Veranópolis apenas via o Grêmio tocar a bola no campo ofensivo. As chances se sucediam. Barrios, aos 24, após fazer boa jogada, anotou o quarto. E Edílson, cinco minutos depois, fechou o placar de pênalti.
O Grêmio ainda desperdiçou inúmeras chances até o fim do jogo - e a oportunidade de aplicar uma goleada histórica. Ainda assim, com uma atuação muito boa, afastou a desconfiança e demonstrou que chega firme para conquistar o Estadual.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia