Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 05 de abril de 2017. Atualizado às 22h59.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

primeira liga

05/04/2017 - 21h48min. Alterada em 05/04 às 23h00min

Reservas vencem América-MG e Grêmio garante vaga nas quartas da Primeira Liga

Everton comemora o único tento gremista na Arena

Everton comemora o único tento gremista na Arena


LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
Em um jogo sem brilho, com poucas jogadas ofensivas e raras chances criadas, o Grêmio, com um time reserva, superou nesta quarta-feira o América-MG por 1 a 0, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, em jogo adiado da segunda rodada da Copa da Primeira Liga.
O resultado colocou o Grêmio nas quartas de final da competição ao assegurar a segunda posição do Grupo B com quatro pontos, três a menos do que o líder Flamengo - Ceará, com três, e América-MG, com um, completaram a chave.
Internacional, Cruzeiro, Londrina e Flamengo são os times classificados na primeira posição. Atlético Mineiro e o próprio Grêmio, em segundo, também avançaram. As últimas duas vagas serão definidas entre Fluminense e Brasil, de Pelotas (RS), pelo Grupo A, e Paraná e Figueirense, pelo Grupo D. Um sorteio entre líderes e vices definirá os duelos das quartas.
A partida desta quarta-feira era decisiva às duas equipes: quem vencesse avançaria às quartas de final, enquanto que o empate classificaria o Ceará. Ainda assim, o técnico Renato Gaúcho optou por um time reserva, dando chance a alguns novos reforços do Grêmio como Bruno Rodrigo, o argentino Gastón Fernández e o paraguaio Lucas Barrios.
O jogo, no entanto, começou em ritmo lento. Os dois times trocavam passes, pouco atacavam e pareciam satisfeitos com o empate que classificava o Ceará. Faltava bom futebol. Mesmo diante de um time reserva, o América-MG não tinha qualidade para criar. E o Grêmio parecia sentir o desentrosamento.
A partir dos 27 minutos, ainda que de maneira tímida, o time da casa acelerou. Primeiro Fernandinho arriscou de longe e sem muito perigo. E, aos 31, após receber na direita, quase dentro da pequena área e em boa posição para finalizar, Lucas Barrios tentou cruzar e desperdiçou grande chance.
Parecia que seriam os únicos dois lampejos do primeiro tempo. Mas, já aos 45 minutos, o ataque gremista realizou boa troca de passes e Gastón Fernández tocou para Everton. Da entrada da área, com classe, o atacante acertou o ângulo e marcou um belo gol.
O América-MG até buscou acelerar o ritmo no segundo tempo. Rondava a área, trocava passes e não conseguia finalizar. Seguia sem qualquer efetividade. Já nos acréscimos a partida contou com uma confusão, envolvendo jogadores e até treinadores - Maxi Rodriguéz e Alex Silva acabaram expulsos. Ainda assim, o Grêmio segurou o resultado e garantiu a classificação.
Grêmio 1 x 0 América/MG
Bruno Grassi; Leonardo Gomes (Wallace Oliveira), Bruno Rodrigo, Bressan e Bruno Cortez; Arthur, Jailson, Fernandinho, Gastón Fernández (Lincoln) e Everton; Lucas Barrios (Maxi Rodríguez). Técnico: Renato Portaluppi.
João Ricardo; Auro, Messias, Rafael Lima e Ernandes; Gustavo Blanco (Rubens), Juninho, Christian Sávio (Alex Silva), Felipe Amorim (Matheusinho) e Renan Oliveira; Mike. Técnico: Enderson Moreira.
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia