Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 25 de abril de 2017. Atualizado às 09h57.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

25/04/2017 - 09h59min. Alterada em 25/04 às 10h00min

Dólar sobe para R$ 3,16 com cautela sobre reformas e exterior

Em alta desde a abertura, o dólar volta a rondar os R$ 3,160 no mercado à vista, pressionado por incertezas se a base aliada do presidente Michel Temer terá força na Câmara para aprovar nesta terça-feira (25), o projeto de reforma Trabalhista em comissão, a fim de enviá-la para votação em plenário na quarta ou até quinta-feira (dias 26 e 27).
Além disso, traz desconforto o aumento de parlamentares que se declaram contra a reforma da Previdência assim como o posicionamento do PSB desfavorável à PEC do governo Temer que estabelece restrições às aposentadorias do setor privado e público. O viés de alta do dólar ante o iene e divisas emergentes e ligadas a commodities também pesa na precificação do câmbio doméstico, disse um operador de corretora de câmbio.
Na Câmara, a comissão que analisa a reforma da Previdência reúne-se às 14h30min para discussão do parecer do relator Arthur Maia, enquanto o plenário da Casa pretende concluir a votação dos destaques ao projeto de recuperação fiscal dos Estados.
Atualização do Placar da Previdência, levantamento realizado pelo Grupo Estado com deputados, depois das mudanças anunciadas na proposta, mostra que o número de parlamentares contrários à reforma subiu para 210, enquanto o dos que são a favor avançou para 75.
Às 9h36min desta terça-feira, o dólar à vista subia 1,11%, aos R$ 3,1610. O dólar futuro para maio avançava 1,01%, aos R$ 3,1645, no mesmo horário.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia