Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 17 de abril de 2017. Atualizado às 11h05.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Finanças

Notícia da edição impressa de 17/04/2017. Alterada em 16/04 às 22h28min

Conta digital some de grandes bancos no Brasil

Gasto com impostos chega a 50%

Gasto com impostos chega a 50%


/JUNG YEON-JE/AFP/JC
Vantajosas para quem foge de filas em agências bancárias e de longas esperas em serviços de call center, as contas 100% digitais estão cada vez mais difíceis de se encontrar - sobretudo nos grandes bancos. Bradesco e Itaú anunciaram que vão descontinuar suas contas digitais gratuitas, reduzindo as opções para quem busca serviços bancários sem custo. Ainda que nada mude para os clientes que já usam essas contas nos dois bancos, não será possível fazer a migração para esse tipo de produto no caso de quem já é correntista.
Por outro lado, o Banco do Brasil, que havia encerrado sua conta digital em outubro do ano passado, relançou a modalidade um mês depois, com o objetivo de concentrar esforços no segmento. O banco vetou, porém, a migração a clientes que já tenham conta na instituição. Também vem crescendo o número de clientes de bancos novatos, como Intermedium e Sofisa Direto.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Mila 17/04/2017 10h27min
Não é preciso categoria "conta digital" para ter atendimento digital no BB.