Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 09 de abril de 2017. Atualizado às 22h19.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Turismo

Notícia da edição impressa de 10/04/2017. Alterada em 09/04 às 21h15min

Feriados prolongados movimentam as vendas de pacotes turísticos

No Brasil, as praias do Nordeste são o destino preferido pelos gaúchos para o descanso fora de época

No Brasil, as praias do Nordeste são o destino preferido pelos gaúchos para o descanso fora de época


/PREFEITURA DE PORTO SEGURO/DIVULGAÇÃO/JC
Camila Silva
As próximas semanas terão um dia a mais de folga para muitos brasileiros. Os três feriados na sequência - Páscoa, Tiradentes e 1 de Maio - impulsionam a venda de pacotes de viagem. Ao todo, até o final do ano, serão nove feriados prolongados no País. Segundo a pesquisa sondagem do consumidor - intenção de viagem, realizada pelo Ministério do Turismo com mais de duas mil pessoas em sete capitais brasileiras, incluindo Porto Alegre, até agosto deste ano, 21,1% dos entrevistados pretendem viajar, sendo que 75,8% dos potenciais viajantes irão se deslocar pelo Brasil. Quanto ao meio de transporte, 57% dos entrevistados planejam viajar de avião.
Apesar de o Brasil se destacar como destino preferido dos entrevistados, a opção de passeios para o exterior cresceu de 17,1% para 23,3%, resultado da queda na cotação do dólar em relação ao real. A Associação Brasileira das Agências de Viagens do Rio Grande do Sul (Abav-RS) projeta crescimento de 14% nas vendas de pacotes de viagens em relação ao ano passado.
Segundo o presidente da Abav-RS, João Augusto Machado, a procura por pacotes para o feriado de Páscoa, no próximo fim de semana, foi grande. Muitos consumidores se planejaram para emendar a data com o feriado seguinte, no do dia 21, possibilitando viagens para destinos mais distantes. No geral, o Nordeste, seguido pelo Rio de Janeiro, é o destino favorito dos gaúchos. No exterior, Cancún lidera a procura.
A Abav nacional prevê um crescimento de 14% no valor das passagens áreas neste ano em relação ao ano passado. No primeiro semestre de 2016, o preço médio da tarifa doméstica foi de
R$ 322,44, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil. Em 2017, o custo médio deve chegar a R$ 370,00, segundo cálculos da associação. Machado considera muito difícil mensurar o aumento nos bilhetes, tendo em vista que diversos fatores implicam no valor final dos produtos. "É importante levar em consideração quanto tempo antes o consumidor adquiriu as passagens, quanto mais cedo, mais descontos o cliente irá conseguir", comenta o presidente da Abav-RS. 
Os empresários do setor orientam que a compra seja feita com antecedência. "O perfil do consumidor mudou. Antes, os gaúchos deixavam para comprar na véspera das viagens. Atualmente, pesquisam e se organizam melhor", afirma o gerente de marketing e comercial da CVC no Rio Grande do Sul, Júlio Cesar Cerchiaro da Fonseca Júnior. A empresa comemora as vendas dos pacotes em sua totalidade para os feriados do mês de abril. 
Para o gerente, é preciso que os consumidores se conscientizem que não é vantajoso adquirir passagens e pacotes de viagens em cima da hora. Se anteriormente as agências e as companhias áreas realizavam promoções para quem se programava tardiamente, hoje o cenário mudou. Um dos fatores determinantes para esta mudança é o fato de as companhias áreas terem diminuído o volume de voos enquanto a procura por passagens aumentou em cerca de 2%. Ou seja, as passagens acabam mais rápido, e as que restam, se tornam mais caras. Quanto ao perfil do consumidor gaúcho, Fonseca aponta uma diversificação. Se o perfil do consumidor é variado, o destino escolhido por ele, não. A maioria dos clientes gaúchos da CVC apontam Porto Seguro como o destino favorito para viajar. O auxiliar administrativo Alef Machado é um dos gaúchos que irá viajar neste ano para o Nordeste, tendo optado por Porto Seguro. "Eu escolhi a agência que me ofereceu o melhor preço e a melhor forma de pagamento", afirma Machado.
A gerente comercial Michele Figueiredo da Silva planejou sua viagem com mais de um mês de antecedência. Michele vai na contramão da maioria e viajará no feriado de Tiradentes para Balneário Camboriú, em Santa Catarina. "Eu considero que o preço dos pacotes diminuiu e as condições de pagamento melhoraram em relação ao não passado", comenta. A gerente pesquisou pacotes em três agências de viagens e o desconto de mais de R$ 300,00 agradou a consumidora, que já planeja nova viagem em julho. 

Agências on-line e físicas celebram bons resultados

No segmento de turismo on-line, as vendas no site Peixe Urbano cresceram 20% e os volumes de buscas por pacotes de viagens subiu 18% em relação ao mesmo período do ano passado. "Devido aos diversos feriados prolongados, o brasileiro procura viagens de curta distância. A busca por diversos destinos nacionais é uma unanimidade", afirma o diretor comercial da empresa, Inson Bressan. 
A agência de viagens Zarpo - especialista no segmento de turismo premium - comemora o faturamento de R$ 40 milhões no primeiro trimestre de 2017, alta de 70% em relação ao mesmo período do ano passado. A agência realiza reservas de hotéis e de pacotes internacionais, que incluem hospedagem e transporte aéreo. "Apesar de o segundo trimestre ser geralmente mais fraco por ser baixa temporada, pretendemos continuar crescendo e temos boas perspectivas, impulsionados pelos feriados prolongados que vêm pela frente", aponta Alexis Manach, cofundador do Zarpo. O serviço da agência tem ticket médio de R$ 3.450,00.
A Turispoa, agência de viagens gaúcha, prevê um crescimento de 30% nas vendas de pacotes de viagens em relação a 2016. Além dos feriados, a projeção da retomada da economia no País é um fator determinante para a expansão. Segundo o sócio diretor da empresa, Rodrigo Jacomelli Simas, a empresa está com lista de espera para os feriados deste mês, já que os pacotes para a Páscoa então esgotados. Entre os consumidores que pretendem viajar para o exterior, Caribe e o continente europeu lideram a preferência. Para estes turistas, Simas alerta que "quem viajar para fora do Brasil sentirá no bolso o aumento das passagens, já que o valor da tarifa internacional cresceu cerca de 40% em relação ao ano passado".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia