Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 05 de abril de 2017. Atualizado às 11h52.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Previdência

Notícia da edição impressa de 05/04/2017. Alterada em 05/04 às 11h56min

Cálculo que mostra o superávit da Previdência é enganoso, diz ministro

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou ontem que aqueles que negam a existência de um déficit na Previdência usam um argumento "falacioso". "Se considerarmos só as despesas do INSS, aí sim você poderia indicar enganosamente um superávit. Mas se considerar todas as despesas relacionadas à seguridade social, o déficit é de R$ 150 bilhões", rebateu o ministro, após participar de evento em São Paulo organizado pelo jornal britânico Financial Times.
Meirelles afirmou que tem feito reuniões com parlamentares de partidos da base aliada do governo, "não da oposição", e disse que o debate é intenso. "Estamos bastante confiantes na aprovação da reforma", declarou.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia