Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 03 de abril de 2017. Atualizado às 21h28.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

conjuntura

03/04/2017 - 21h29min. Alterada em 03/04 às 21h30min

Temer: até fim do ano estaremos com inflação muito abaixo do centro da meta

O presidente Michel Temer mencionou nesta segunda-feira (3), que conversou hoje com o presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, e ele disse que está confiante que a taxa de inflação chegará ao fim do ano "muito abaixo" do centro da meta, de 4,5%. "Isso é fundamental para os que querem investir e para os mais pobres, que não sofrerão os efeitos da inflação", afirmou Temer, após citar que a taxa em 12 meses se encontra hoje em 4,8% e está sob controle.
A declaração foi dada durante o Fórum de Líderes Empresariais Brasil-Suécia, que começou às 15h30 desta segunda-feira e foi encerrado com discurso do presidente. A menção à inflação se deu quando Temer tentava listar os motivos pelos quais o Brasil, em sua visão, tem se tornado um país cada vez mais atrativo para investimentos externos. "Além da inflação, as taxas de juros estão em queda", disse.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia