Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de abril de 2017. Atualizado às 22h34.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Apoio:
Notícia da edição impressa de 25/04/2017. Alterada em 24/04 às 19h41min

Empresas&Negócios

Como sempre, uma excelente matéria do JC (Vem aí uma nova revolução industrial, caderno Empresas&Negócios, Jornal do Comércio, 24/04/2017). O que fica claro na reportagem é a vantagem que países com um sistema de ensino cultural e tecnológico terão com essa mudança de paradigma. E nós, como sempre, ficando para trás com o protecionismo do Estado e o entrave à iniciativa privada. (Roberto Venhofen Rodrigues, Canoas/RS)
Dívida do Estado
Sobre o comentário da leitora Júlia Monclaire (Palavra do Leitor, Jornal do Comércio, 24/04/2017), a repactuação da dívida é péssima para os estados. Na última repactuação feita pelo governo Antonio Britto (PMDB, 1995-1998), devíamos R$ 8 bilhões. Pagamos R$ 25 bilhões e ainda devemos mais de R$ 50 bilhões. Nessa repactuação proposta pelo presidente Michel Temer (PMDB), o Estado privatiza tudo e ainda aumentará a dívida para R$ 80 bilhões. É um péssimo negócio para o Rio Grande do Sul. (Daniel Pereira D'Alascio, Porto Alegre)
Plano Diretor
Em relação ao artigo Para que serve o Plano Diretor? (de Ada Schwartz, Jornal do Comércio, 20/04/2017), como organizar e ordenar o desenvolvimento da cidade sem "um plano estratégico de longo prazo"? (Eduíno de Mattos, Porto Alegre)
Baleia Azul
Sobre a coluna Mercado Digital (Baleia Azul: é hora de falar nisso, Jornal do Comércio, 20/04/2017), quem critica a alienação dos jovens ao mundo dos telefones celulares são os mesmos que presenteiam crianças com tais aparelhos. Sei o que digo, vejo todos os dias. E são as mesmas pessoas que dizem que os jovens estão apegados à vida on-line, que não leem mais, e toda a lenga-lenga do gênero. Hipocrisia moralista. Quem toma providências para mudar o cenário? Depois, lamentarão tardiamente... (Ianny M. de Souza, Porto Alegre)
Advogados
Chama atenção a cara enfadonha dos advogados que acompanham os delatores da Operação Lava Jato. Seja homem ou mulher, eles parecem bem desconfortáveis ao ouvir as vigarices que seus clientes estão narrando. (Helena Rengant, Porto Alegre)
Pedintes
Agora, os pedintes das sinaleiras mostram cartazes dizendo que estão com fome, e pedem uma ajuda. Se for verdade, merecem mesmo. Porém, no entanto, só estão nas sinaleiras em horas com muito tráfego e motoristas. Infelizmente, fico me culpando, porém desconfio dos pedintes. (Maria da Graça Rubilar, Porto Alegre)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia