Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 06 de abril de 2017. Atualizado às 00h09.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 06/04/2017. Alterada em 05/04 às 19h32min

Prefeitura de Viamão

Tenho vergonha até de dizer que sou funcionária pública municipal. Muito triste senhor prefeito e senhores vereadores que votaram a favor do plano de carreira, pois só quatro vereadores ficaram do lado do funcionalismo. Como é possível diminuir o salário da gente? O meu foi mais de R$ 300,00 a menos. Os salários do prefeito, vice e vereadores deveriam ser diminuídos em 1.000%. Mas isso não pode ficar impune. E o vale-alimentação, se a gente fica doente ou tira férias, é tudo descontado, não precisamos de auxílio alimento quando mais necessitados? Estou sofrendo, triste, porque não vou pagar as contas e vou pedir, onde eu devo, que se dirijam ao prefeito ou aos vereadores, porque o salário deles é bem gordo! Que nunca as autoridades passem por isso, mas Deus é amor, e a especialidade dele é justiça! (Vera Vieira, servidora pública de Viamão/RS)
Passagem de ônibus
Parece mesmo que alguns vereadores da Capital e deputados estaduais gaúchos ignoram os reajustes das tarifas de transporte coletivo em Porto Alegre dos governos anteriores que apoiaram integralmente. Então, não houve aumentos? E o reajuste salarial dos que trabalham nas empresas? Aliás, as empresas entraram na Justiça pare reaver os R$ 5 milhões que perderam com os 33 dias não cobrados em 2016, por conta de ação similar dos mesmos parlamentares. Aí, dizem que não têm nada a ver com isso, é problema da prefeitura. E os R$ 5 milhões são dinheiro que virá de onde? Da população, é claro. Vamos ser sérios e evitar pendengas apenas para aparecer com os desavisados. (João Carlos Monteiro, Porto Alegre)
Manifestações
Claro que as manifestações do pessoal que é contra os governos municipal, estadual e federal são feitas em horários específicos de grande movimento para trancar ruas e avenidas. Não fosse assim, quem ligaria para 50 ou 70 pessoas paradas em calçadas e/ou praças fazendo os mesmos protestos de sempre? Fazem a propósito, e a imprensa, ao divulgar os transtornos causados à maioria da população, dá a divulgação que eles precisam para ter visibilidade. Ignorem e não noticiem nada e verão que isso vai murchar, até acabar. (Marcelo Rubens Aguillar, Porto Alegre)
Corrupção
Corrupção até no Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro. Isso é uma vergonha para todo o País. A corrupção passou de todos os limites imagináveis, se é que se pode estabelecer limites para tanta vigarice. Basta, basta! (Noeli Barcellos da Veiga, Pelotas/RS)
Mentiras
Realmente, as tais de redes sociais se prestam para muitas mentiras, as quais, geralmente, são repassadas sem qualquer análise. Aí, perdemos a confiança. (José Carlos Mendes, Porto Alegre)
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia