Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de abril de 2017. Atualizado às 22h00.

Jornal do Comércio

Jornal da Lei

COMENTAR | CORRIGIR

Entrevista

Notícia da edição impressa de 25/04/2017. Alterada em 24/04 às 21h33min

Brasileiros natos não podem sofrer extradição

Laura Franco, especial
Em decisão recente, a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) deferiu o pedido de extradição de uma brasileira, requerido pelo governo dos Estados Unidos. Ela é acusada de ter assassinado o marido norte-americano. O entendimento é de que a mulher teria renunciado à nacionalidade brasileira ao adotar a cidadania norte-americana, em 1999. Em entrevista ao Jornal da Lei, o advogado e professor de Direito Internacional pela Pucrs Claudio Lopes Preza Junior esclarece as diferenças entre os brasileiros natos e naturalizados, e explica em que casos a extradição é possível.
Jornal da Lei - Em que situações o brasileiro pode ser extraditado?
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia