Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 23 de abril de 2017. Atualizado às 19h52.

Jornal do Comércio

Empresas & Negócios

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

Notícia da edição impressa de 24/04/2017. Alterada em 20/04 às 20h24min

Será que a sua empresa tem mesmo um RH?

Claudia Santos
Durante visitas a diversas empresas, tenho notado que muitas delas - sejam de pequeno e médio porte ou grandes multinacionais - têm enfrentado uma séria dificuldade para identificar a real a função da área de Recursos Humanos. É extremamente comum as organizações acreditarem ter um setor de RH em franca atividade, com uma pessoa designada como gerente, enquanto, na verdade, têm apenas um Departamento Pessoal - que também é importante, mas não é RH.
Esse equívoco ocorre porque as companhias não enxergam que atividades como cuidar do processo burocrático de admissão e demissão, ficar de olho no PCMSO, nos exames médicos periódicos e no período aquisitivo de férias, fazer a folha de pagamento e repassar aos empregados os benefícios, planos de saúde e odontológico devem ser realizadas pelo Departamento Pessoal.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia