Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 29 de março de 2017. Atualizado às 01h24.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

operação lava jato

Notícia da edição impressa de 29/03/2017. Alterada em 28/03 às 21h46min

Apartamento de Adriana Ancelmo é liberado em inspeção da PF para prisão domiciliar

O apartamento da ex-primeira-dama do Rio Adriana Ancelmo, no Leblon, zona Sul do Rio de Janeiro, foi liberado pela Polícia Federal (PF) para recebê-la, na tarde de ontem. A mulher do ex-governador Sergio Cabral (PMDB) ainda se encontra no complexo penitenciário de Gericinó, na zona Oeste, onde está presa desde dezembro, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária. Ela agora ficará em prisão domiciliar.
A vistoria da PF foi para procurar dispositivos de conexão com a internet, como computadores e tablets; e telefones, fixos e celulares, que são de uso proibido para ela, por determinação da Justiça. A inspeção durou cerca de uma hora.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia