Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 15 de março de 2017. Atualizado às 11h47.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Reforma da Previdência

15/03/2017 - 09h19min. Alterada em 15/03 às 11h48min

Protesto contra reforma da Previdência acontece em diversos pontos do Estado

Municipários de Porto Alegre fazem bloqueios nas avenidas João Pessoa e Ipiranga, gerando filas

Municipários de Porto Alegre fazem bloqueios nas avenidas João Pessoa e Ipiranga, gerando filas


ESPECIAL/JC
Leticia Bay
Atualizada às 10h30min
Categorias de trabalhadores fazem protestos nesta quarta-feira (15) em diversos pontos do Rio Grande do Sul contra a reforma da Previdência Social, prevista na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287/2016, que tramita na Câmara dos Deputados. As manifestações fazem parte do ato unificado contra a reforma que ocorre em todo o País.
Em Porto Alegre, durante o dia os manifestantes estarão mobilizados em piquetes, realizando paralisações e atos em alguns pontos da cidade. Um grupo realiza uma caminhada na Avenida Mauá, próximo à rua da Conceição, o que causa lentidão no trânsito. Os ônibus e a Trensurb circulam normalmente.
Os municipários da prefeitura da Capital fazem bloqueios em diversos pontos, como nas avenidas João Pessoa e Ipiranga. No local, os manifestantes intercalam a interrupção em cada lado da pista da João Pessoa, sentido bairro-centro, gerando grandes filas. Também ocorrem ações nas avenidas Assis Brasil (nas proximidades do Strip Center), Osvaldo Aranha (em frente ao HPS) e região da vila Bom Jesus.
O Cpers-Sindicato irá realizar um ato de greve no mesmo dia em que os educadores da rede estadual entram em greve geral. Uma concentração na Esquina Democrática, no Centro da Capital, organizada pelo Bloco de Mulheres contra a Reforma da Previdência, está marcada para às 17h. O grupo deve seguir em caminhada em direção ao Largo Zumbi dos Palmares (Epatur).
Em Caxias do Sul, protestos bloquearam totalmente o trânsito na BR-116. As vias foram liberadas às 8h, mas o trânsito segue com lentidão. Na RS-239, em Sapiranga, no Vale do Sinos, manifestantes que chegaram a interromper o trânsito agora ocupam a lateral da rodovia, na altura do km 26. Já em Passo Fundo, o transporte público não está operando.
Participam do dia de mobilização representantes da Central Única dos Trabalhadores do Rio Grande do Sul (CUT-RS), Associação de Servidores do Hospital de Pronto Socorro (ASHPS), União dos Policiais do Brasil (UPB), Cpers-Sindicato, Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Sindical e Popular (CSP Conlutas) e Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia