Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de março de 2017. Atualizado às 15h42.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Governo Federal

06/03/2017 - 11h45min. Alterada em 06/03 às 11h45min

Retorno de Eliseu Padilha à Casa Civil é adiado para o próximo dia 13

Adiamento foi indicação do médico de Padilha, que pediu mais tempo para recuperação

Adiamento foi indicação do médico de Padilha, que pediu mais tempo para recuperação


JONATHAN HECKLER/JC
Agência Brasil
O retorno do ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, ao trabalho, que estava previsto para esta segunda-feira (6), foi adiado para o próximo dia 13. De acordo com a assessoria, há a expectativa de que ele tenha alta hoje (6) ou amanhã. O ministro dará continuidade ao processo de recuperação em sua casa, em Porto Alegre.
De atestado médico desde o dia 20, Padilha foi submetido a procedimento cirúrgico no dia 27 de fevereiro, no Hospital Moinhos de Vento, na capital gaúcha, para corrigir um problema de obstrução urinária, provocada por uma hiperplasia prostática benigna.
Segundo assessores, o quadro de saúde de Padilha é estável e ele se recupera bem do procedimento. No entanto, em função da idade - 71 anos - seu médico achou por bem adiar para o dia 13 o retorno ao trabalho. Em setembro, o ministro foi internado por problemas de pressão arterial.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
GENESIO PEDRO BONDAN 06/03/2017 14h36min
o sr Padilha não dever voltar ao trabalho é acusado de grileiro