Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 03 de abril de 2017. Atualizado às 07h55.

Jornal do Comércio

Opinião

CORRIGIR

artigo

Notícia da edição impressa de 03/04/2017. Alterada em 03/04 às 08h01min

Igualdade, liberdade e humanidade

Manuela d'Ávila
O que é o mérito farroupilha? É um sentimento que nós, gaúchas e gaúchos, crescemos aprendendo a cultivar em nosso cotidiano. O fato é que os farroupilhas representam, em nosso imaginário, o sonho do Rio Grande por liberdade, igualdade e humanidade. E a falsa polêmica em torno de ofertar a medalha de Mérito Farroupilha para o Jean Wyllys (PSOL) tem muita relação com isso. Um grito por liberdade, igualdade e humanidade. Ele é um grito que acolhe apenas heterossexuais ou nele cabem todos os seres livres que lutam por seu direito de serem o que quiserem ser?
Para mim, a interiorização dos valores farroupilhas se dá a partir de um grito forte por justiça. E a justiça só é justa quando os humanos são todos iguais em direitos. Humanos com direitos. Direitos humanos. E é por isso que Wyllys recebeu essa medalha. Perguntam-me e o que ele fez pelo Rio Grande? O Rio Grande faz parte do Brasil e não há Brasil sem Rio Grande, como disse Jaime Caetano Braun. E o Wyllys é deputado federal desse País.
Faz leis para os brasileiros. Quando luta pelo reconhecimento dos direitos constitucionais - como o casamento - para todos, os gaúchos estão inclusos. Quando Wyllys diz que é preciso falar sobre HIV, conscientizar nossos jovens, fala ao Brasil do Rio Grande que tem um dos maiores índices de jovens vivendo com Aids. Quando não se cala diante de morte por homofobia, representa a mãe, o amigo de cada transexual assassinada, de cada gay que se suicida pela depressão causada pelo bullying. Talvez alguns sonhem com um Rio Grande que não veja liberdade, igualdade e humanidade em tantas mulheres e homens que Wyllys representa. Eu sou da turma que não acredita em meia liberdade, meia igualdade e pouca humanidade. Por isso, Wyllys recebeu essa honraria. Porque defende a muitos dos gaúchos e gaúchas. E, no fundo, a grande maioria dos que questionaram o fato dele receber a medalha esconde a homofobia e a inconformidade com a sua presença no espaço público.
Deputada estadual (PCdoB)
 
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia