Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 16 de março de 2017. Atualizado às 22h36.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Clima

Notícia da edição impressa de 17/03/2017. Alterada em 16/03 às 21h48min

Sartori e ministro Barbalho sobrevoam São Francisco de Paula

Governador (e) deve definir plano de recuperação pós-tornado

Governador (e) deve definir plano de recuperação pós-tornado


LUIZ CHAVES/PALÁCIO PIRATINI/JC
O governador do Estado, José Ivo Sartori, o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, e o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Renato Newton Ramlow, sobrevoaram nesta quinta-feira a cidade de São Francisco de Paula, na Serra. Eles avaliaram os danos causados, no último domingo, por um tornado que danificou centenas de casas, deixou desabrigados e resultou em pelo menos uma morte no município.
A partir da visita, deve ser definido um plano de recuperação da cidade, envolvendo as esferas estadual e federal. Nesta quinta-feira, foi publicada no Diário Oficial da União a situação de emergência em São Francisco de Paula, o que deve agilizar o envio de recursos da União. O município estima que os gastos para recolocar a cidade nos eixos fique em torno de R$ 33 milhões.
Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o fim de semana deve ser parcialmente nublado no Estado, sem previsão de chuva. As manhãs serão mais frias e as máximas não chegam aos 30 graus. Para Porto Alegre, a previsão é de tempo firme, com poucas nuvens e temperaturas em declínio. No domingo, o amanhecer deve ser um pouco mais quente, mas a máxima não deve passar dos 25 graus na Capital.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia