Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 30 de março de 2017. Atualizado às 00h39.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Gaúcho

Notícia da edição impressa de 30/03/2017. Alterada em 30/03 às 00h43min

Time titular do Inter perde para o Cruzeiro em Bento Gonçalves

Jogando em Bento Gonçalves, o Inter acabou derrotado pelo Cruzeiro

Jogando em Bento Gonçalves, o Inter acabou derrotado pelo Cruzeiro


RICARDO DUARTE/Inter/Divulgação/JC
O técnico Antônio Carlos Zago surpreendeu e colocou o seu time titular em campo no estádio Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, para encarar o Cruzeiro na noite de ontem. Nem isso, porém, foi suficiente para evitar a derrota por 2 a 1. O Colorado caiu uma posição, terminou a primeira fase em sétimo lugar e irá enfrentar o mesmo Cruzeiro nas quartas de final.
Um primeiro tempo para esquecer. Sem ter uma boa atuação, o Inter foi totalmente superado pelo Cruzeiro nos 45 minutos iniciais de partida.
Jogando com muita velocidade, o estrelado levou pavor à defesa colorada e abriu o placar aos 27 minutos, quando Lucão escorou de cabeça cruzamento pela esquerda e Lucas Martins chegou chutando forte para fazer o gol. Onze minutos depois, veio o segundo. Após grande jogada de John Lennon pela direita, o lateral cruzou na área e Lucão só mandou para as redes.
Com a entrada de Roberson no lugar de Valdívia, o Inter cresceu na etapa final. E a melhora deu resultado logo aos dois minutos. O goleiro Deivity espalmou chute de Brenner pela esquerda e, no rebote, Nico López chegou para completar para o gol.
O Colorado seguiu em cima, buscando o empate, e por pouco não o obteve em diversas situações, como na cobrança de falta de William que explodiu no travessão aos 13 minutos. O Cruzeiro, por sua vez, tratou de "cozinhar" o jogo e deixar o tempo passar para garantir os três pontos.
Inter 1 x 2 Cruzeiro
Danilo Fernandes; William, Paulão (Léo Ortiz), Cuesta e Uendel; Anselmo, Dourado, D'alessandro (Ferrareis) e Valdívia (Roberson); Nico López e Brenner. Técnico: Antônio Carlos Zago.
Deivity; John Lennon, Dão, Vladimir e Sander; Tawan (Ben Hur), Lucas Martins, William Kozlovski e Ronaldo (Matheus); Thiago Alagoano e Lucão. Técnico: Ben Hur Pereira.
Árbitro:Leandro Vuaden.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia