Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 02 de abril de 2017. Atualizado às 22h35.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Inovação

Notícia da edição impressa de 03/04/2017. Alterada em 02/04 às 21h03min

Projetos de jovens gaúchos são destaque na Espanha

Demape foi idealizado por estudantes da Fundação Liberato Salzano

Demape foi idealizado por estudantes da Fundação Liberato Salzano


SIDNEY SCARAVONATTI/DIVULGAÇÃO/JC
Patricia Knebel
Os jovens Luiz Perez Fruscaldo Luz e Klaus Holler embarcam amanhã para a primeira experiência de apresentação internacional do Demape, dispositivo eletrônico de monitoramento e assistência para emergências.
Barcelona, na Espanha, é o destino. É lá que acontece, de seis a oito de abril, a Exporecerca Jove. Os estudantes da Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha, de Novo Hamburgo (RS), conquistaram esse viagem depois de receberam o Prêmio Fundação Telefônica Vivo na última edição da Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec).
O produto, que ainda está na fase de protótipo, vai ser fixado à cintura e permitirá a comunicação entre um usuário e seu socorrista, que pode ser um familiar, um cuidador ou médico. O foco será atender idosos e pessoas com doenças crônicas.
A emergência pode ser declarada através do pressionamento de um botão de pânico, por parte do usuário, ou com a detecção de queda da pessoa. Holler explica que o sistema funciona de maneira semelhante a tecnologias disponíveis no mercado, porém, com alguns diferenciais. Um deles é que não preciso estar atrelado a um serviço externo de atendimento, que exija uma mensalidade. Bastará adquirir o produto. "O nosso sistema permite um uso mais privado, sem envolver outras empresas", conta o estudante.
A presença de GPS para a localização da pessoa não chega a ser uma inovação, mas os jovens garantem que conseguirão oferecer essa funcionalidade a um custo bem inferior ao encontrado no mercado. A ideia dos jovens é aproveitar esse feira para fazer contatos e buscar parceiros para eles conseguirem colocar esse produto no mercado.
Outros dois projetos de jovens pesquisadores gaúchos representam o Brasil em importantes feiras de ciência e tecnologia. Também em Barcelona será apresentado o K-Gestus, um framework para autenticação baseado em gestos, desenvolvido pelo estudante Wellington Machado de Espindula do Instituto Federal do Rio Grande do Sul - Campus Osório), com orientação da professora Heloisa Bressan Gonçalves.
Já o projeto sistema de monitoramento de arritmias cardíacas, do aluno Robert Buss Kaufmann (Fundação Liberato), sob orientação do professor Marco César Sauer, representará o País na International Sustainable World Energy, Engineering, and Environment Project (I-Sweeep), em maio, na cidade de Houston (EUA).
A iniciativa de levar os jovens para essas feiras é da Fundação Telefônica Vivo, responsável pelos projetos sociais da Vivo. O foco do trabalho é estimular ações que utilizam a tecnologia para gerar novas metodologias de ensino e aprendizagem e que fomentem o empreendedorismo social. A iniciativa faz parte de uma rede formada por outras 17 fundações presentes da Europa e América Latina, todas integrantes do Grupo Telefônica.

SAP Labs TechSchool oferece workshops para universitários

A SAP Labs Latin America vai realizar um evento gratuito de qualificação focado em estudantes universitários: o SAP Labs TechSchool. Com vários workshops, os alunos vão aprender sobre Design Thinking, Internet das Coisas e tecnologias da multinacional, como Hana, Cloud Platform, UI5, Fiori, entre outras.
As atividades ocorrem de 11 de maio a 13 de junho, todas as terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30, na sede da SAP Labs Latin America (avenida SAP, 188, em São Leopoldo/RS).
Os encontros contarão com as presenças de especialistas da área da tecnologia. Além da grande experiência de aprendizado, o evento pode oportunizar vagas de estágios na própria empresa. Existem alguns pré-requisitos para a participação no SAP Labs TechSchool.
O estudante precisa estar matriculado em curso superior nas áreas de TI (Ciência da Computação, Engenharia de Computação etc) a partir do segundo semestre e ter inglês avançado ou fluente.
Para se candidatar, basta enviar o currículo (em português ou inglês) para o e-mail techschool@sap.com até o dia 7 de abril. Nesse e-mail, é preciso responder, em inglês, a pergunta: "Why do you want to study at SAP Labs TechSchool?", em no mínimo 60 palavras.
Os pré-selecionados irão participar de uma etapa presencial na tarde do dia 21 de abril na SAP Labs Latin America, onde serão testadas as habilidades de inglês e de lógica de programação. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 51 3081-1000.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia