Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 31 de março de 2017. Atualizado às 13h51.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

indústria

Alterada em 31/03 às 13h51min

Produção de cloro cresce 2,2% em janeiro e de soda tem alta de 2,5%, diz Abiclor

A produção de cloro cresceu 2,2% no mês de janeiro frente a igual mês do ano passado, atingindo 105,0 mil toneladas, e a de soda cáustica aumentou 2,5%, para 115,6 mil toneladas, segundo informa a Associação Brasileira da Indústria de Cloro-Álcalis e Derivados (Abiclor).
A taxa de utilização da capacidade instalada no primeiro mês do ano foi de 81,4%, superior ao mesmo mês de 2016 em 2,2%. A média histórica do setor é de 87%.
As vendas totais de soda cáustica registraram alta de 14,3%, em relação a janeiro de 2016 e as de cloro recuaram 3,3%, na mesma base de comparação.
"Essa melhora nos indicadores deve ser vista com cautela, pois se dá sobre uma base muito fraca", afirma, em nota, o presidente da Abiclor, Alexandre de Castro. "É prematuro dizer que essa recuperação veio para ficar. Só daqui a dois ou três meses poderemos ter uma radiografia mais clara do comportamento do mercado."
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia