Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 16 de março de 2017. Atualizado às 22h36.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Consumo

Notícia da edição impressa de 17/03/2017. Alterada em 16/03 às 22h36min

Claro, Oi, Vivo e Bradesco lideram ranking de reclamações em 2016

Três empresas de telefonia lideram o ranking de reclamações em Procons em 2016, de acordo com dados do Ministério da Justiça. A Claro (juntamente com Embratel e Net) ficou em primeiro lugar, com 179.841 reclamações, seguida pela Oi (fixo e celular), com 163.627, e Vivo (que inclui Telefônica e GVT), com 154.244 registros. Em quarto lugar está o Bradesco (juntamente com o HSBC), com 84.460 reclamações, seguido por Itaú (75.586), TIM/Intelig (67.814) e o grupo que inclui Casas Bahia, Ponto Frio, Extra e Pão de Açúcar (66.108).
O diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça (DPDC), André Lopes, disse que o setor de telecomunicações está sempre em primeiro lugar, não só no Brasil, e que as empresas estão sendo chamadas para melhorar a prestação do serviço. "Isso não os exime de melhorar condutas e baixar esse nível de reclamações", afirmou.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia