Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 10 de março de 2017. Atualizado às 19h16.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

10/03/2017 - 19h12min. Alterada em 10/03 às 19h19min

Bolsas fecham em alta em Nova Iorque, após dado de criação de empregos robusta nos EUA

Segundo o Departamento do Trabalho, economia dos Estados Unidos criou 235 mil postos de trabalho em fevereiro

Segundo o Departamento do Trabalho, economia dos Estados Unidos criou 235 mil postos de trabalho em fevereiro


Drew Angerer/AFP/DIVULGAÇÃO/JC
As bolsas de Nova Iorque fecharam em alta na sessão desta sexta-feira (10), após a divulgação do relatório de empregos do Departamento do Trabalho dos Estados Unidos referente a fevereiro, que informou um resultado bastante acima das expectativas dos analistas.
O índice Dow Jones fechou em alta de 0,21%, aos 20.902,98 pontos; o S&P 500 avançou 0,33%, para 2.372,60 pontos; e o Nasdaq ganhou 0,39%, aos 5.861,73 pontos. Na semana, os três índices registraram perdas, de 0,49%, 0,44% e 0,15%, respectivamente, sendo a primeira perda semanal desde 27 de janeiro do Dow Jones e do S&P 500.
A economia dos Estados Unidos criou 235 mil postos de trabalho em fevereiro, segundo o Departamento do Trabalho, acima da previsão de criação de 197 mil empregos. No trimestre até fevereiro, os EUA criaram uma média de 209 mil empregos por mês. Já o salário médio por hora dos trabalhadores ficou em US$ 26,09 em fevereiro, em uma alta de 0,23% ante o mês anterior. A projeção apontava um ganho maior, de 0,3%.
Ações de companhias ligadas ao setor financeiro recuaram nesta sexta-feira, com o Goldman Sachs caindo 0,72% e o Morgan Stanley perdendo 0,41%. Empresas de energia também tiveram queda na sessão de hoje, em reação às novas perdas registradas nos preços do petróleo. A ConocoPhillips teve baixa de 1,74% e a ExxonMobil caiu 0,07%.
Já companhias do setor de tecnologia avançaram nesta sexta-feira A Apple subiu 0,33%; a Microsoft ganhou 0,31%; a Alphabet (Google) teve alta de 0,42%; e o Facebook avançou 0,40%. Os papéis da Snap Inc, no entanto, recuaram 2,82% nesta sexta-feira.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia