Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 09 de março de 2017. Atualizado às 20h27.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

conjuntura internacional

Alterada em 09/03 às 20h30min

Banco Central do Peru decide manter taxa de juros em 4,25%

O Banco Central do Peru decidiu nesta quinta-feira manter a taxa básica de juros em 4,25%. De acordo com a instituição, isso é consistente com a perspectiva de uma inflação que converge para o centro da meta durante o ano atual.
O BC peruano aponta para alguns itens que influíram na decisão: a desaceleração inflacionária; as alterações climáticas que afetam o preço de alguns alimentos, mas que devem ser temporárias; o crescimento da atividade econômica, que desacelerou em função do menor gasto público; e os sinais de recuperação da economia mundial, "embora com incerteza com respeito às políticas de economias desenvolvidas".
O banco central afirma que os indicadores de expectativa das empresas moderaram em fevereiro, mas se mantiveram em patamar otimista. A expectativa do BC para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) peruano neste ano é de entre 3,5% e 3,8%.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia