Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 09 de março de 2017. Atualizado às 12h10.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Indústria

Alterada em 09/03 às 12h13min

Produção de eletroeletrônicos cresce 2% em janeiro, diz Abinee

Maior expansão foi da indústria eletrônica, com alta de 18,1%

Maior expansão foi da indústria eletrônica, com alta de 18,1%


MARCOS NAGELSTEIN/JC
A produção do setor eletroeletrônico cresceu 2% em janeiro deste ano ante o mesmo mês de 2016, conforme dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e agregados pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). A maior expansão foi da indústria eletrônica, com alta de 18,1%, ao passo que o segmento elétrico recuou 8,5% no mês.
Em relação ao mês anterior, com ajuste sazonal, a produção apresentou queda de 6,9%, sendo -12,5% na indústria eletrônica e -1,3% na elétrica. Nos últimos 12 meses, a produção da indústria eletroeletrônica sofreu queda de 8,6%, sendo -10,5% na eletrônica e -7,2% na elétrica.
Ainda assim, a associação destaca que este é o segundo mês consecutivo de aumento da produção ante o mesmo mês do ano anterior. Em dezembro a alta havia sido de 8% sobre dezembro de 2015.
"O resultado da produção e o desempenho do nível de emprego do setor, que abriu 1.814 vagas em janeiro, são boas notícias que esperamos se mantenham no decorrer do ano", afirma o presidente da Abinee, Humberto Barbato, por meio de nota.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia