Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 08 de março de 2017. Atualizado às 11h51.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Bancos

08/03/2017 - 11h54min. Alterada em 08/03 às 11h54min

Itaú Unibanco reduz taxa do rotativo em média 4 pontos porcentuais

O Itaú Unibanco anuncia a redução da taxa do rotativo, em média caindo 4 pontos percentuais. "No maior caso, a queda será de 7 pontos percentuais em relação aos preços praticados hoje. Clientes que utilizarem o rotativo com histórico de pontualidade terão acesso a taxas de 1,99% a 9,90% a.m.", afirma o diretor executivo da área de cartões, Marcos Magalhães, em informa sobre a adequação às novas regras para o financiamento do saldo devedor das faturas de cartões de crédito, nos termos das regras estabelecidas pelo Conselho Monetário Nacional, a partir do dia 3 de abril.
Ainda segundo o comunicado, a instituição vai praticar taxas de juros no rotativo do cartão de crédito similares às taxas atuais do crédito parcelado.
O banco oferece a alternativa de que quando o cliente entrar no rotativo, na fatura seguinte, o valor será composto pelo saldo devedor das faturas anteriores, acrescido do pagamento mínimo dos encargos do mês e do pagamento mínimo dos gastos do mês. Outra opção é parcelamento da fatura, em até 24 parcelas fixas, com taxas reduzidas em torno de 2 pontos percentuais, ficando entre 0,99% e 8,90% a.m.
O cliente ainda pode escolher o valor que deseja pagar de entrada (entre o da menor parcela oferecida para o parcelamento da fatura e o valor do pagamento mínimo) com o restante sendo financiado em 12 parcelas com a mesma taxa oferecida no parcelamento da fatura.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia