Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 03 de abril de 2017. Atualizado às 18h35.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Osni Machado

Empresários & Cia

Notícia da edição impressa de 03/04/2017. Alterada em 03/04 às 18h38min

Endocrimeta completa processo de expansão

O laboratório poderá fazer até cinco milhões de exames por ano

O laboratório poderá fazer até cinco milhões de exames por ano


CLAITON DORNELLES/JC
O Laboratório Endocrimeta está com uma nova plataforma, composta por modernos equipamentos do Japão, já em pleno funcionamento. Por meio de um contrato firmado com a Roche Diagnóstica, a empresa agora conta com cinco módulos, que permitirão passar dos três milhões de exames laboratoriais por ano para algo ao redor de cinco milhões anuais.
De acordo com o diretor administrativo do Endocrimeta, Carlos Alberto Lazzari, o acordo resulta em benefícios, uma vez que o processo automatizado, além de facilitar o trabalho do laboratório, também resulta em benefícios para os pacientes, que, na maioria das situações, recebem a resposta de seus exames no mesmo dia da coleta. Segundo Lazzari, a resposta rápida de um exame pode significar a garantia de um melhor tratamento para a pessoa.
Lazzari explica que o estabelecimento desta parceria comercial, renovável automaticamente, também representa uma meta alcançada, que foi planejada pela administração multidisciplinar do Endocrimeta desde de janeiro de 2016. O equipamento é cedido via locação. A plataforma foi instalada em setembro de 2016 e agora está em pleno funcionamento.
O administrador diz que o laboratório eleva a sua capacidade de atendimento, que a partir desta nova plataforma trouxe uma ociosidade na casa dos 40%, algo que também já era esperado e parte de uma nova estratégia traçada para ampliação de mercado com qualidade. Ele comenta que, em 2016, o Endocrimeta atendeu ao redor de 300 mil pacientes em suas unidades.
Também como parte do planejamento, o laboratório, que hoje conta com 14 unidades de atendimento e coleta na Capital e na Grande Porto Alegre, pretende colocar em funcionamento um estabelecimento na zona Sul, elevando este número em 2017.
Lazzari informa que a administração vai abrir, em 2018, outra unidade de atendimento e coleta, com procedimento de urgência, no Medplex Sul - empreendimento em Porto Alegre, em fase final de concretização, direcionado à área da saúde, contendo consultórios, laboratórios, um hospital de curta permanência, além de outros.
Dentro da política de expansão planejada também está a parceria já estabelecida com laboratório europeu, que permite ampliar ainda mais o leque de exames diferenciados em várias áreas, como de Genética e Biologia Molecular, entre outras, disponibilizados recentemente no mercado internacional.
O administrador diz que também estão em tratativas a ampliação de negócios fazer suprir o mercado corporativo, principalmente, nos casos relacionados a medicina do trabalho.
"O Endocrimeta passa por auditorias anuais feitas pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas e, deste que iniciou, há cinco anos, recebe acreditação em todos os seus processos, representando a garantia de qualidade para o mercado", acrescenta.
Informações adicionais podem ser obtidas pelo site
www.endocrimeta.com.br
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia