Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 09 de março de 2017. Atualizado às 00h01.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Dom Jaime Spengler

A voz do Pastor

Notícia da edição impressa de 09/03/2017. Alterada em 09/03 às 00h00min

Campanha da Fraternidade pode tratar de biomas?

Durante a Quaresma, a Igreja no Brasil, desde 1964, propõe a Campanha da Fraternidade. Trata-se de uma ampla conscientização sobre temas relevantes que afetam a vida humana e o meio ambiente. A convicção de que é possível educar para a paz e superar os pecados pessoal e social que ameaçam a dignidade dos filhos de Deus é que motiva essa iniciativa e envolve paróquias, escolas, universidades, meios de comunicação e todas as instâncias que contam com a presença da Igreja.
A Campanha de 2017 trata dos biomas brasileiros e pretende uma conscientização sobre a preservação da natureza com sua rica biodiversidade manifestada de formas diferentes em todo o País. Alguns têm estranhado esse tema e criticam a opção dos bispos.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia