Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 30 de março de 2017. Atualizado às 21h18.

Jornal do Comércio

Viver

COMENTAR | CORRIGIR

MÚSICA

Notícia da edição impressa de 31/03/2017. Alterada em 30/03 às 17h51min

Grande noite de arte viva

Cantora portuguesa Joana Reais interpreta fados no Renascença

Cantora portuguesa Joana Reais interpreta fados no Renascença


Pri Vilarino/DIVULGAÇÃO/JC
Joana Reais, cantora portuguesa radicada em São Paulo desde 2015, promove, neste fim de semana, a Grande noite de fados. Na direção musical, ela conta com Beto Chedid na guitarra portuguesa, Diego Costa na guitarra acústica e Cezar Ferreira como convidado no acordeão. O espetáculo está marcado para as 20h de sábado, no Teatro Renascença (Érico Veríssimo, 307).
O fado, antes de ter sido música, era um sentimento português descrito frequentemente nos poemas de Luís de Camões. Joana promove um show intimista, por entre fados clássicos e contemporâneos, numa homenagem ao estilo musical português, elevado a Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade pela Unesco, que não deixará ninguém indiferente. Como qualquer arte viva, o gênero sofreu influências - árabes, irlandesas, escandinavas, brasileiras, africanas - e tem na sua origem ligações com outros estilos musicais. Por isso, a Grande Noite pode apresentar uma milonga, um samba ou até uma valsa.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia