Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de fevereiro de 2017. Atualizado às 13h51.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Governo Federal

Alterada em 06/02 às 14h54min

Cotado para o STF, Alexandre de Moraes cancela viagem e se encontra com Temer

Nome mais cotado para assumir a vaga deixada por Teori Zavaski no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, cancelou compromisso que teria nesta segunda-feira (6) em São Paulo e embarcou para Brasília às pressas, onde se reuniu no final da manhã de hoje com o presidente Michel Temer. Inicialmente, estava previsto que Moraes participaria às 11h da posse de novos representantes do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.
Depois de várias consultas realizadas nesse fim de semana, Temer deve indicar o ministro para o STF. A formalização pode ocorrer até amanhã. Desde que teve o nome incluído na lista de possíveis indicações a novo ministro do Supremo, Moraes tem evitado falar sobre o tema com a imprensa.
Segundo auxiliares de Temer, ainda não foi definido qual nome deverá substituir Moraes na Justiça, caso venha a ser confirmado como ministro no STF. Ex-secretário de Segurança do governo de São Paulo, na gestão do governador Geraldo Alckmin (PSDB), Moraes foi escolhido por Temer para o Ministério da Justiça em maio. Com a possibilidade de Moraes ir para o STF, integrantes das cúpulas do PSDB e do PMDB devem reivindicar a indicação do novo titular do ministério.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia