Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 02 de fevereiro de 2017. Atualizado às 22h52.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

memória

Notícia da edição impressa de 03/02/2017. Alterada em 02/02 às 22h55min

Quadro de Marisa Letícia é considerado 'irreversível'

Lula e Marisa se conheceram em 1973 em São Bernado do Campo

Lula e Marisa se conheceram em 1973 em São Bernado do Campo


TWITTER LULA/Divulgação/JC
A ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, de 66 anos, não tem mais fluxo cerebral. A informação é de boletim do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde está a mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O hospital divulgou o diagnóstico na manhã desta quinta-feira. Com o resultado, a família autorizou procedimento de doação de órgãos.
Diante da situação "irreversível", como definiu o médico da família, o cardiologista Roberto Kalil Filho, foram desligados os aparelhos. "Agora é o tempo dele", explicou Kalil Filho, em alusão ao coração de Marisa. Os médicos não haviam decretado morte cerebral da paciente até a noite desta quinta-feira.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia