Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017. Atualizado às 21h35.

Jornal do Comércio

Opinião

CORRIGIR

artigo

Notícia da edição impressa de 17/02/2017. Alterada em 16/02 às 22h32min

O legado de Darcy Ribeiro

Lauri Bernades
Há exatos 20 anos, o Brasil perdia um de seus maiores patriotas: o antropólogo, escritor e ativista Darcy Ribeiro, que dedicou sua vida a compreender e ajudar o povo brasileiro em sua essência. Miscigenado, multicultural, de diferentes cores e credos. Um povo que Darcy quis cuidar, deixando um legado de obras e ações que até hoje são referências para quem acredita em um País mais justo, igualitário e com educação de qualidade.
Afinal, é impossível acompanhar a crise do sistema penitenciário brasileiro sem lembrar a frase de Darcy: "Se em 20 anos os governadores não construírem escolas, faltará dinheiro para construir presídios".
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia