Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017. Atualizado às 13h51.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Coreia do Norte

Alterada em 27/02 às 13h51min

Autoridades da Coreia do Norte são executadas, após relatos falsos, afirma Seul

Cinco autoridades de segurança do alto escalão da Coreia do Norte foram executados com tiros antiaéreos, após relatórios falsos que "enfureceram" o líder norte-coreano Kim Jong Un, disse a agência de espionagem da Coreia do Sul nesta segunda-feira.
Os comentários do Serviço Nacional de Inteligência em uma reunião privada com legisladores. A agência disse que as cinco autoridades foram executadas por terem fornecido relatórios falsos a Kim Jong Un, disse o legislador Lee Cheol Woo. Não está claro se os relatórios falsos foram realmente feitos e a agência de inteligência não deu detalhes de como chegou até a essa informação.
O Chefe do Departamento de Segurança, Kim Won Hong, foi demitido em janeiro presumivelmente por causa de corrupção, abuso de poder e tortura cometidos por sua agência, disse Seul. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia