Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 28 de fevereiro de 2017. Atualizado às 08h12.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

carnaval

Alterada em 28/02 às 08h12min

Integrante da Mocidade coloca rosa branca em local de acidente

Um integrante da Mocidade Independente de Padre Miguel, terceira escola a desfilar hoje na Marquês de Sapucaí, colocou rosas brancas no local do acidente que deixou 20 feridos na noite de domingo.
"A gente é solidário ao que aconteceu, as flores simbolizam nosso amor pelo carnaval", disse o presidente da Mocidade, Wandyr Trindade, momentos antes do início do desfile da escola.
O acidente de domingo foi provocado por um problema no último carro do Paraíso do Tuiuti, que, desgovernado, imprensou pessoas contra a grade.
Mais cedo, o presidente da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), Jorge Castanheira, abriu a Passarela do Samba pedindo uma oração para as vítimas. Ele contou que visitou uma das pessoas hospitalizadas, mas não pôde entrar, por se tratar de um Centro de Tratamento Intensivo (CTI), área restrita. Amanhã, Castanheira pretende voltar, com o presidente da Riotur, Marcelo Alves, para visitar outras vítimas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia