Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017. Atualizado às 07h31.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Trabalho

09/02/2017 - 13h20min. Alterada em 09/02 às 13h52min

Calendário de saques das contas inativas do FGTS sai em 14 de fevereiro

Os 10,1 milhões de trabalhadores atingidos poderão sacar os recursos a partir de março

Os 10,1 milhões de trabalhadores atingidos poderão sacar os recursos a partir de março


STOCKPHOTO/GABRIELA DI BELLA/ARQUIVO/JC
O governo federal vai divulgar na terça-feira (14) o calendário de saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O anúncio está previsto para ocorrer às 11h no Palácio do Planalto.
Os 10,1 milhões de trabalhadores que possuem saldo em contas inativas do fundo poderão sacar os recursos a partir de março. A ordem dos saques deve ser baseada no mês de aniversário do trabalhador.
A retirada deve ser feita até julho, conforme informou o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. A Caixa vai criar um site para orientar os trabalhadores. Os correntistas do banco estatal poderão ter o dinheiro transferido direto para a conta.
De acordo com dados oficiais, há atualmente 18,6 milhões de contas inativas há mais de um ano, com saldo total de R$ 41 bilhões. A estimativa do governo é que 70% das pessoas com direito ao saque procurem a Caixa para ter acesso aos saldos das contas. Para os defensores da ideia, os saques não vão causar impacto significativo no saldo do FGTS, que é da ordem de R$ 380 bilhões.
Assim que foi divulgada essa medida, como pacote de presente de Natal do governo, o setor da construção criticou a decisão de liberar o saldo total das contas inativas. A primeira ideia do governo era limitar entre R$ 1 mil e R$ 1,5 mil. Na última hora, o presidente Michel Temer foi convencido a não colocar limite para os saques com o argumento de que 86% dessas contas têm saldo inferior a R$ 880 (salário mínimo de 2016).
Com base em dados do FGTS e outros indicadores econômicos, o banco Santander estima que apenas 1,2% das contas inativas do FGTS - cerca de 100 mil cotistas - têm saldo superior a R$ 17,6 mil que, somados, respondem pela grande parcela de R$ 20 bilhões depositados. O montante é praticamente a metade de todo o saldo inativo do Fundo, que soma R$ 41,4 bilhões.
Ao mesmo tempo, outros 94% dos cotistas têm saldo entre zero e R$ 3,5 mil. Somado, esse grupo majoritário em número de trabalhadores responde pela parcela minoritária de 17% dos depósitos. Essa grande concentração de recursos na mão de poucos trabalhadores limita o impacto da liberação dos recursos sobre a demanda e o pagamento de dívidas, diz o banco espanhol.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Ariana Santos 12/02/2017 10h35min
As pessoas que tem direito ira fazer a retirada de acordo com o mes que nasceu, se daqui até la a pessoa conseguir um emprego ela ainda terá direito ao beneficio?
Edson garutti 12/02/2017 07h22min
Eu também fui na caixa e me falaram que tem que ir em qualquer agência mais também pode ser retirado com cartão cidadão
ALEXANDRE TADEU JORGE 11/02/2017 18h22min
O Governo deveria facilitar mais estes saques. Vai criar um furdúncio nas agências por conta destes. Ora, gera-se um extrato de tudo que a pessoa tem a retirar, envia para o e-mail que a pessoa cadastrar no site da CEF e a própria CEF faz estas transferências de saldos nas contas correntes ou contas poupança de quem as tem. Uma porta a mais para não precisar ter que se deslocar até estas agências, que já são terríveis para ser atendido. E quem realmente não tiver esta opção, aí sim, corre até lá
Dimas Pires 09/02/2017 21h27min
Eu tenho conta poupança na Caixa, isso quer dizer que o dinheiro pode ser depositado direto nessa conta???? -
Leandro 09/02/2017 19h54min
Ao pessoal perguntando sobre depósito... NADA VAI SER AUTOMÁTICO! Você precisa ir atrás disto, vá a qualquer agência da Caixa Econômica Federal e fale com um gerente. Que fique bem claro, NADA vai ser depositado automaticamente!
JOELMA 09/02/2017 16h24min
Eu tenho conta poupança na Caixa, isso quer dizer que o dinheiro pode ser depositado direto nessa conta????
Valdemir Dórea 09/02/2017 16h04min
Sou correntista da Caixa Econômica Federal, será preciso entrar em contato com o banco para que o crédito da conta inativa seja depositado em conta ou é automático?