Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017. Atualizado às 09h59.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Celulose

Alterada em 24/02 às 10h01min

Suzano amplia investimento em tissue de R$ 425 milhões para R$ 540 milhões

A Suzano Papel e Celulose revisou para R$ 540 milhões o investimento no segmento tissue - lenços de papel, papéis-toalha e papel higiênico -, de R$ 425 milhões, projetado anteriormente.
A mudança ocorre, segundo fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), pela decisão de vender o produto acabado, com a compra de equipamentos de conversão, que possibilitarão a comercialização.
A capacidade total de produção será de 120 mil toneladas anuais de tissue, sendo que a capacidade máxima de conversão coberta pelo projeto é de 60 mil toneladas anuais. O início da produção está previsto para o terceiro trimestre de 2017 na fábrica Mucuri (BA) e para o quarto trimestre deste ano na fábrica de Imperatriz (MA). O "ramp up" será gradual, segundo informou a empresa, no documento.
Na teleconferência com imprensa sobre os resultados de 2016, realizada no último dia 8 de fevereiro, o presidente da Suzano, Walter Schalka, havia revelado que o projeto de segmento seguia dentro do prazo. "Nas próximas semanas vamos anunciar a posição do tissue", disse o executivo na ocasião.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia