Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017. Atualizado às 18h45.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura internacional

Alterada em 20/02 às 18h48min

Portugal paga metade da dívida com FMI por pacote de ajuda de 2011

O governo de Portugal anunciou, nesta segunda-feira (20), que já pagou metade da dívida que possui com o Fundo Monetário Internacional (FMI), relativa ao pacote de ajuda recebido pelo país em 2011. De acordo com o governo, trata-se de uma evidência de que o país está novamente financeiramente saudável.
O Ministério das Finanças anunciou que na semana passada pagou de volta ao FMI 1,7 bilhão de euros (US$ 1,8 bilhão - esse montante deveria ser pago apenas em 2019. Isso significa que Portugal já devolveu ao Fundo 13 bilhões de euros no total.
O país europeu esteve perto da bancarrota em 2011, em meio à crise financeira na zona do euro, quando Portugal chegou a ficar com menos de 400 milhões de euros no Tesouro. Seus parceiros da União Europeia uniram-se ao FMI para o pacote de resgate de 78 bilhões de euros. Com o pagamento antecipado dos empréstimos, Portugal deixa de arcar com parte dos juros.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia