Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017. Atualizado às 12h09.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 20/02 às 12h10min

Lojas Americanas confirma oferta restrita de ações ON e PN

A Lojas Americanas confirmou a realização de oferta pública de distribuição primária de 9.303.562 ações ordinárias e 142.925.334 preferenciais, com esforços restritos, no valor de até R$ 2,519 bilhões.
O coordenador líder da oferta será o Credit Suisse, em conjunto com Itaú BBA, BB Investimentos, Bradesco BBI, BTG Pactual, JPMorgan e Santander.
A cotação de fechamento da PN na sexta-feira foi de R$ 16,76 e da ON de R$ 13,31, podendo variar para mais ou para menos, conforme conclusão do processo de bookbuilding. Assim, o montante total da oferta restrita seria de R$ 2,519 bilhões.
Segundo fato relevante, enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), os acionistas controladores manifestaram o compromisso de subscrever e integralizar a totalidade das ações ordinárias a serem emitidas, sem limite de preço máximo, mediante Pedido de Subscrição Prioritária, caso não haja demanda dos investidores institucionais.
Os recursos líquidos da oferta serão destinados para expansão da rede de lojas, capitalização da B2W e reforço de capital.
Em relação à capitalização da B2W, ambas estudam a possibilidade de aumento de capital por subscrição privada da B2W em R$ 1,2 bilhão.
O acionista que não exercer seu direito de prioridade poderá ser diluído.
O procedimento de bookbuilding terá início em 22 de fevereiro, com encerramento e divulgação do preço por ação em 8 de março. As ações objeto da oferta passam a ser negociadas na BM&FBovespa em 10 de março.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia