Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017. Atualizado às 21h35.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura

Notícia da edição impressa de 17/02/2017. Alterada em 16/02 às 22h32min

Para o BC, PIB de 2016 deve encolher 4,34%

Soma das riquezas do País será negativa pelo segundo ano consecutivo, aponta indicador

Soma das riquezas do País será negativa pelo segundo ano consecutivo, aponta indicador


JOÃO MATTOS/ARQUIVO/JC
O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) recuou 4,34% em 2016 ante 2015, no dado sem ajuste sazonal. No último mês do ano passado, o índice atingiu 133,74 pontos na série observada, o que representa o menor nível para dezembro desde 2009, quando atingiu 129,23 pontos.
Conhecido como "prévia do BC para o PIB", o IBC-Br serve como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses. O PIB de 2016 será oficialmente divulgado no dia 7 de março pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia