Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017. Atualizado às 09h36.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

bancos

13/02/2017 - 09h59min. Alterada em 13/02 às 10h39min

Banrisul lança plano de aposentadoria voluntária, limitado a 700 empregados

Desligamentos ocorrerão de 10 de março até 30 de junho deste ano

Desligamentos ocorrerão de 10 de março até 30 de junho deste ano


marcelo g. ribeiro/jc
O Banrisul anunciou um plano de desligamento voluntário por aposentadoria, limitado a 700 empregados, priorizando os com mais tempo de serviço. Para aderir ao Plano de Aposentadoria Voluntária (PAV), os empregados devem ser aposentados pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) ou aptos.
O prazo de adesão é de 15 de fevereiro até 25 de março, e os desligamentos ocorrerão de 10 de março até 30 de junho deste ano.
Em comunicado divulgado nesta segunda-feira (13) o Banrisul não deu detalhes sobre o custo ou o impacto financeiro do plano.
De acordo com a vice-presidente da Associação de Funcionários de Empresas do Grupo Banrisul (Agban), Analice Leitão, a dívida previdenciária do banco com os servidores inativos deve dificultar a privatização do Banrisul. A possibilidade de venda do banco foi comentada pelo vice-governador do Estado, José Paulo Cairoli, em entrevista especial ao Jornal do Comércio. Cairoli disse acreditar que o Banrisul vá ser privatizado no futuro, mas garantiu que não será durante a gestão atual.
Com informações da Agência Estado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia