Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 08 de fevereiro de 2017. Atualizado às 07h18.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Grandes bolsas asiáticas se recuperam e fecham em alta no fim dos negócios

Agência estado
As principais bolsas asiáticas fecharam em alta nesta quarta-feira (8), recuperando-se no fim dos negócios, após operarem pressionadas durante parte do pregão em meio à fraqueza dos preços do petróleo e fatores locais.

Na China, o índice Xangai Composto subiu 0,44%, a 3.166,98 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,76%, a 1.941,79 pontos. Em Hong Kong, o Hang Seng registrou alta de 0,66%, a 23.485,13 pontos.

Os mercados chineses, porém, chegaram a recuar nas primeiras horas de transações, após os futuros de petróleo acumularem perdas ontem e durante esta madrugada e em reação aos últimos números sobre as reservas internacionais da China, que em janeiro recuaram para menos de US$ 3 trilhões pela primeira vez em quase seis anos.

Em Tóquio, a recuperação veio diante de uma série de balanços positivos de empresas japonesas e o Nikkei teve valorização de 0,51%, encerrando a sessão a 19.007,60 pontos.

Apesar do tom positivo nos grandes mercados da Ásia, persistem preocupações com recentes medidas adotadas pelo presidente dos EUA, Donald Trump, e com o cenário político na Europa, que terá eleições na França e Alemanha este ano.

Entre bolsas menores da região asiática, por outro lado, o dia foi de perdas. O índice sul-coreano Kospi caiu 0,49% em Seul, a 2.065,08 pontos, enquanto o Taiex mostrou baixa marginal de 0,12% em Taiwan, a 9.543,25 pontos, e o filipino PSEi recuou 0,38% em Manila, a 7.234,82 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no azul pelo segundo dia consecutivo, ajudada principalmente por ações de grandes bancos. O S&P/ASX 200 avançou 0,5% em Sydney, a 5.651,40 pontos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia