Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 08 de fevereiro de 2017. Atualizado às 10h28.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

08/02/2017 - 08h21min. Alterada em 08/02 às 11h30min

Bolsa de Tóquio fecha em alta modesta, ajudada por resultados corporativos

A Bolsa de Tóquio fechou em alta modesta nesta quarta-feira (8), impulsionada por bons resultados corporativos, embora incertezas relacionadas a medidas do governo dos EUA e ao cenário político na Europa continuem pesando nos negócios.
O índice Nikkei subiu 0,51%, encerrando o dia a 19.007,60 pontos, após cair 0,35% no pregão anterior.
Os ganhos em Tóquio foram liderados por várias empresas japonesas que divulgaram fortes balanços referentes ao trimestre até dezembro. Foi o caso da Asahi Glass (+9,1%) e da Mitsubishi Chemical Holdings (+5,1%).
A valorização do mercado japonês, porém, foi limitada por preocupações com recentes medidas adotadas pelo presidente dos EUA, Donald Trump, e com o futuro da política na Europa. França e Alemanha, duas das principais economias da zona do euro, realizam eleições gerais em abril e setembro, respectivamente.
Além disso, ações do setor petrolífero do Japão ficaram pressionadas hoje, após os preços do petróleo acumularem perdas ontem e durante esta madrugada. A exploradora Inpex teve queda de 1,1% e a distribuidora JX Holdings, de 2,5%.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia