Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 01 de janeiro de 2017. Atualizado às 16h48.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

prefeitura

Alterada em 01/01 às 17h53min

Empossado em SP, prefeito Doria diz que vai manter diálogo com a oposição

Prefeito disse que governará com eficiência e inovação

Prefeito disse que governará com eficiência e inovação


ROVENA ROSA/Agência Brasil/JC
Agência Brasil
O novo prefeito de São Paulo, João Doria, empossado no cargo na tarde deste domingo (1), disse que será um gestor para o município e que vai manter o diálogo aberto, mesmo com os líderes da oposição. "Diálogo é o princípio de valor humano", disse em seu discurso de posse. Foram empossados também o vice-prefeito, Bruno Covas, e os 55 vereadores.
Doria reafirmou os compromissos de campanha, como o comparecimento à Câmara todos os meses, e disse que governará com eficiência e inovação. Amanhã, às 6h, ele prometeu estar vestido de gari, assim como seus secretários e presidentes de empresas e autarquias, como forma de mostrar humildade e para promover o seu projeto Cidade Linda, voltada à limpeza e serviços de zeladoria.
A sessão solene foi presidida pelo vereador eleito mais velho, Eduardo Suplicy. Em seu discurso, ele disse que os vereadores da oposição farão um mandato construtivo e respeitoso. Suplicy aproveitou para demonstrar descontentamento com o recurso a ser interposto contra a decisão da Justiça de suspensão do aumento salarial dos vereadores.
Doria seguiu para o Theatro Municipal, onde é feita a transmissão de posse com a presença do prefeito anterior, Fernando Haddad.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia