Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 31 de janeiro de 2017. Atualizado às 17h48.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

Alterada em 31/01 às 18h51min

Trump quer cortar impostos de farmacêuticas e produção de remédios nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu aos líderes do setor farmacêutico que irá cortar impostos para impulsionar a competitividade e que pressionará as empresas a produzirem mais os remédios dentro do país.
Segundo Trump, o clima de negócios nos EUA irá mudar em breve, pois, em parte, ele está comprometido a diminuir os impostos sobre o setor e cortar regulações.
Em reunião na Casa Branca, Trump disse que os programas Medicare e Medicaid estão gastando muito dinheiro com os medicamentos e que, em muitos casos, esses programas federais não tem muito poder de barganha quando estão comprando.
"Temos que baixar os preços por diversos motivos. Temos uma precificação pelo maior 'cachorro' do mercado, o Medicare". O presidente disse que ele, por exemplo, pode comprar aspirina mais barata em uma farmácia do que o governo dos EUA pagaria pelo mesmo produto.
Ele acrescentou que irá trabalhar para reverter regulações que, segundo ele, forçam as companhias farmacêuticas a passarem anos e gastarem "bilhões" de dólares desenvolvendo drogas antes de conseguirem qualquer aprovação federal.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia