Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 16 de janeiro de 2017. Atualizado às 08h28.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Acidente

16/01/2017 - 09h25min. Alterada em 16/01 às 09h30min

Avião cai no Quirguistão e mata pelo menos 37 pessoas

Boeing da companhia privada MyCargo Airlines partiu de Hong Kong e caiu em uma área residencial perto do Aeroporto de Manas

Boeing da companhia privada MyCargo Airlines partiu de Hong Kong e caiu em uma área residencial perto do Aeroporto de Manas


Vyacheslav Oseledko/AFP/JC
Agência Brasil/Ansa
Um avião de uma companhia aérea turca que partiu de Hong Kong, na China, com destino a Istambul, na Turquia, caiu no Quirguistão causando a morte de ao menos 37 pessoas.
O Boeing 747 TC-MCL da companhia privada MyCargo Airlines (ATC) partiu de Hong Kong e acabou caindo em uma área residencial perto do Aeroporto de Manas, o principal do país e que se localiza cerca de 25 quilômetros da capital Bishkek.
"Segundo as informações preliminares, a teoria de atentado terrorista foi excluída, provavelmente o acidente foi causado por um erro do piloto", afirmou o vice-premier do Quirguistão, Muhammetkaly Abgaziev.
Na hora da queda, a névoa na região era muito forte e, assim, a visibilidade estava ruim. O avião caiu a cerca de 2 quilômetros da pista de pouso entre as casas do vilarejo Dacha-Suu, destruindo ao menos 15 edifícios e pegando os moradores de surpresa.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia