Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 07 de janeiro de 2017. Atualizado às 14h26.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Gente

07/01/2017 - 15h11min. Alterada em 07/01 às 15h26min

Morre o ex-presidente português Mário Soares

Soares é ícone da história da democracia portuguesa e veio ao Fórum Social Mundial em Porto Alegre

Soares é ícone da história da democracia portuguesa e veio ao Fórum Social Mundial em Porto Alegre


CLAUDIO FACHEL/ARQUIVO/JC
Agência Brasil
O ex-presidente português Mário Soares morreu, neste sábado (7), aos 92 anos, informou o Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa. Soares estava internado desde 13 de dezembro, tendo sido transferido no dia 22 da unidade de terapia intensiva (UTI) para a unidade de internação em regime reservado, depois de sinais de melhora no estado de saúde.
No entanto, no dia 24, véspera de Natal, um agravamento súbito da situação clínica obrigou o antigo chefe de Estado português a retornar à UTI. Em 31 de dezembro, dia da última atualização feita pelo hospital sobre o seu estado de saúde, Mário Soares continuava em “coma profundo”, mas “estável e com parâmetros vitais normais”.
Mário Soares desempenhou os mais altos cargos no país e a sua vida confunde-se com a própria história da democracia portuguesa: combateu a ditadura, foi fundador do Partido Socialista e presidente da República.
O político esteve em Porto Alegre no Fórum Social Mundial, como em 2002, segundo ano do evento, quando defendeu uma globalização mais humana. Para ele, o modelo teria de combinar a busca de riquezas com a preocupação com o social e desenvolvimento sustentável sem agredir o meio ambiente. "Se for esse o modelo, a inclusão social é fácil", disse na época.
Nascido em 7 de dezembro de 1924, em Lisboa, Mário Alberto Nobre Lopes Soares foi fundador e primeiro líder do Partido Socialista português e ministro dos Negócios Estrangeiros após a revolução de 25 de abril de 1974.
Primeiro-ministro entre 1976 e 1978 e entre 1983 e 1985, Soares pediu a adesão de Portugal à Comunidade Econômica Europeia (CEE), em 1977, e a assinar o respetivo tratado, em 1985. Posteriormente, a CEE tornou-se a União Europeia. Em 1986, Soares ganhou as eleições presidenciais e foi presidente da República durante dois mandatos, até 1996.
Com agência Lusa
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia