Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de janeiro de 2017. Atualizado às 10h46.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Terrorismo

Turquia está perto de capturar homem que atirou em boate, diz autoridade

O vice-primeiro-ministro da Turquia, Veysi Kaynak, disse nesta quinta-feira (5) que as autoridades estão próximas de capturar o atirador que matou 39 pessoas em uma boate de Istambul na noite de Ano Novo.

Kaynak disse ao canal de notícias A Haber em uma entrevista que "o círculo está se fechando" em relação ao atirador que desapareceu após o ataque.

O primeiro-ministro disse que as autoridades acreditam que ele ainda está dentro da Turquia, embora não tenham excluído completamente a possibilidade dele ter saído do país.

Kaynak disse que acredita-se que o homem deva da minoria uighur muçulmana da China.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia