Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 02 de janeiro de 2017. Atualizado às 17h43.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Israel

Alterada em 02/01 às 18h47min

Polícia de Israel interroga Netanyahu por receber presentes ilegais

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, está sendo interrogado pela polícia israelense, que investiga uma possível violação à lei por parte do premiê ao receber presentes de empresários, segundo informações do jornal britânico The Guardian.
A interrogação sob cautela está ocorrendo na residência oficial de Netanyahu, em Jerusalém. Segundo a publicação, a equipe policial não falou com os jornalistas e relatórios indicam que o processo pode durar várias horas.
Netanyahu negou qualquer irregularidade em relação a uma investigação de meses de duração sobre os presentes recebidos por ele e por seus familiares. A imprensa israelense afirmou que a polícia está investigando o valor dos presentes recebidos pelo primeiro-ministro.
Nesta segunda-feira, durante uma reunião do partido Likud, ao qual é filiado, no Knesset (parlamento), Netanyahu disse que "nada vai acontecer, porque não há nada. A imprensa continuará fazendo alegações selvagens e nós continuaremos conduzindo o estado de Israel".
Caso as acusações sejam confirmadas, o primeiro-ministro pode ser acusado de "abuso de confiança". A imprensa também fala de um segundo caso que pode trazer à tona acusações mais graves de corrupção, mas detalhes ainda não foram divulgados.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia