Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 31 de janeiro de 2017. Atualizado às 14h55.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Telecomunicações

Alterada em 31/01 às 15h58min

Anatel mantém desligamento de sinal analógico de TV para 29 de março

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu manter para o dia 29 de março o desligamento do sinal analógico de TV na Grande São Paulo e na capital do Estado. Havia pressão por parte das operadoras de telecomunicações para que o prazo fosse adiado, mas a agência não quis adiar o prazo.
Segundo o presidente da Anatel e do Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV, Juarez Quadros, a decisão se baseia no fato de que 86% dos lares da região já operam com sinal digital, conforme resultados de uma pesquisa sobre o assunto. Uma portaria ministerial define que, com 90% de acessos digitais, o sinal analógico pode ser desligado.
A pesquisa do Ibope, encomendada pela EAD (Entidade Administradora do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV), ocorreu entre os dias 13 a 25 de janeiro deste ano. Foram 1.078 entrevistas em São Paulo, e 1.652 no entorno. A amostra considerou domicílios da área urbana e rural das regiões pesquisadas. Toda a área conta com 6,8 milhões de residências, sendo 4 milhões na capital paulista e 2,8 milhões no entorno.
A pesquisa constatou ainda que 95% da população de São Paulo já ouviu falar em sinal da TV digital, enquanto no entorno o porcentual é ainda maior, chegando a 98%. O Ibope também verificou que cerca de 88% das famílias (87% na capital e 88% no entorno) têm conhecimento de que a TV analógica será desligada.
O desligamento tem sido impulsionado pela entrega gratuita de kits de sinal digital para pessoas cadastradas no Cadastro Único, que integra a base de programas sociais do governo. Esses kits são bancados pelas teles. Já foram distribuídos 20% dos 1,8 milhão de kits previstos para São Paulo.
"Não há expectativa possível que venha a fazer qualquer inferência de chegar ao dia 29 e não desligar o sinal analógico", comentou Juarez Quadros. O presidente da Anatel lembrou que a ativação do sinal digital em São Paulo completa dez anos em 2017 e que a tecnologia já foi incorporada pela maior parte da população.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia